PALAVRAS ANALISADAS

Palavras soluçam

adormecidas

a língua truncada

esquecida

lambe lembranças

olhos íris

verde grama

outonal

procuram letras

vagando no tempo      

as horas se perdem

na roda dos 

ponteiros

os números inteiros

idiomas sem rimas

fecham bocas

travam línguas

no divã bordado

de flores silvestres

sem versos

refúgio das palavras

aflitas.

Autora : ADÉLIA EINSFELDT

Escritora gaúcha consagrada: produção literária extraordinária. Vencedora de vários concursos literários. Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução