LIN QUINTINO

Membro da comunidade “Elos Literários”

À FLOR DA PELE

 

E quem sabe,

nesta calma da tarde,

 

eu me encontre.

 

Ando tão à flor da pele,

 

ardo em febre,

 

de tristeza ou

 

de saudade,

 

quem sabe!

 

É minh'alma à flor da pele,

e já nem sei

 

se me exponho

 

ou se me fecho...

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução