Autora : Milena Mandarino Firpo (93 ANOS)

Pianista, humanista, cristã fiel.

Carta dirigida ao seu primeiro neto Carlos Firpo Fontes, no dia do seu aniversário, em 15 de novembro de 2006.

                Salvador, 15 de novembro de 2006.

 

            Cacau querido. Quarenta anos? Não acredito! O tempo passa, realmente, muito rápido. Estava eu preste a completar quarenta e um anos quando Papai do Céu mandou você para Juju e José Américo e eu fiquei felicíssima sendo vovó pela primeira vez; quando lhe segurei no colo, logo que cheguei, me emocionei muito e logo lhe amei intensamente. Comecei a pedir a Jesus diariamente a sua felicidade e assim procedo hoje.  O mesmo faço para os outros cincos netos, que foram chegando depois, e agora também os bisnetinhos queridos. Hoje, prestes a completar 82 anos estou com o meu primeiro neto, um homem de 40 anos; graças a Deus dotado de bons sentimentos. Um morenão bonito com uma família abençoada, composta de uma esposa linda não só fisicamente, mas espiritualmente, e do filhinho lindo e inteligente, louco pelo pai. Você, meu querido neto, é feliz, os três formam uma família linda. Hoje, estou pedindo a Jesus, mais que sempre que a união de vocês cada dia aumente e, para isso, meu filho-neto, não esqueça nunca que a felicidade no casamento tem que ser adubada (como uma planta), molhada, revolvida, cortadas as arestas sempre com muito carinho, com muito amor, muito diálogo, em resumo: para um casal conservar o amor é indispensável que ambos os partícipes permaneçam como eternos namorados. Não podem cair nas armadilhas da rotina do trabalho, das preocupações, não! O amor, o carinho, as atenções de ambas as partes são fundamentais. Para termos tudo isto precisamos ter Deus em nossos corações, em nossas vidas. Sem Ele nos falta tudo. Somos fracos, sem capacidade de enfrentarmos as dificuldades e sofrimentos da vida. Desde pequena que sou muito apegada a Jesus e Maria. Sofri muito, muito na vida e nunca me afastei deles... e fui revestida de uma força imensa, tão fraca e vulnerável que eu era!... Suportei, reagi e sobrevivi.

            Então, meu amado neto, estou a lhe falar da grandeza e da necessidade de termos Deus e de glorificá-lo sempre, por experiência própria! Com Ele temos tudo, sem Ele, nada. Repito e lhe peço: procure frequentar a Igreja e nela ouvirá a palavra do nosso Criador que lhe ajudará a viver bem. Ficará convicto do que não canso de dizer: se temos Deus no coração temos tudo!

            Enfim, meu neto querido, Parabéns, que esta data se prolongue por muitos anos de vida cheios de amor, sempre os três juntos: Sandrinha, Cacau e Vitor; no futuro a nora e os netinhos. Este é o desejo do fundo da alma da sua velha avó.

            Beijos, carinhos e muita ternura. Mais uma vez, parabéns pelos 40 anos de vida, pela mulher maravilhosa que Deus lhe deu e o grande filhinho Vitor. Mais beijos de sua Avó Milena.

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução