Autora: Mônica Vicentini Chamadoiro

Piscóloga, empresária e poeta.

POUT-POURRI POÉTICO

Que aperto me deu.

Que posso dizer, ao afã de escrever

Letras embaralhar

Para juntas formar

Algo que fale de amar

Sentir

Acalento para alma

Sossego de mente

Que aperto na gente...

 

Letras são símbolos 

Que se não unidos de forma sintônica

Podem desafinar

Desacatar

Ferir

 

Já unidas em harmonia 

Com paz, beleza e pureza

Formam grandiosas poesias

De pura magia

Que tocam nos corações 

Causando as mais belas emoções

POUT-POURRI POÉTICO

Mente rebelde

Gigante, insensata e aflita

Como acalmar turbilhão de sentimentos 

Que insistem em desafiar a razão 

Querendo fluir, dar vazão 

 

Como cavalos selvagens 

Não governamos, domamos

Pulam soltos, trôpegos, livres

Desafiam cordas, amarras, arreios e estribos

Empinam orgulhosos patas e crinas ao vento

Marcando a derrota da razão para a emoção 

Onde o sentir é atento

Alento

Provento

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução