Autor: Oswaldo Francisco Martins

Químico, utiliza com brilhantismo este seu saber profissional na elaboração de fórmulas poéticas.

Elogio à parcialidade togada

Certeza vã tem destino:
Nefasto porvir, incerto,
Certo ao olhar de cretino,
Partidário ser, decerto!

Provas sem valor, desdém,
E a mentira há em modo crítico
Sob luzes neon, também.
Tudo isso é tão mefítico!

Justas leis já não são válidas!...
Fundamentalistas mentes
Crescem mesmo sendo esquálidas.

Golpe e estado de exceção
Contra o povo bom sob lentes:
– Triste rixa em suja ação!

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução