“Conte comigo! Sou teu amigo!”.
Quando estive fraca,

fez-me ficar  forte com estas palavras.
Ajudou-me a continuar tentando.

Todas as vezes que o chamei esteve lá:

“Não tenha medo!”.

Foi uma frase que tantas vezes ouvi de seus lábios.
E nas horas de grande desespero você implorou-me:

“Por favor, acredite em mim tudo terminará bem.”.
Posso ver que machucaram você,

posso sentir sua dor.
É difícil ver a luz do sol, quando se sente a chuva.
Sei que às vezes parece que isso nunca irá terminar.
Você passará bem por isso,

basta não desistir, você pode ...
Sei que às vezes parece que estamos em pé sozinhos,
mas nós continuamos,

porque o amor não nos deixará cair.
Há um lugar dentro de todos nós que é feroz,

e que tem a força de um leão.

É só ter fé no amor.
Você deve encontrar esse lugar em você,

as respostas estão aí dentro, 

um dia você me fez enxergar,

encontrei o meu lugar, meu amigo.
Eu sei que a vida pode fazer você se sentir mal,

e não fui justa comigo  e não estás sendo contigo.
parece ser muito mais difícil  do que realmente é, sei bem.
“Mas estou aqui, vamos passar por isso, 

basta não desistir…”.

Foram as suas palavras para mim um dia,

tome-as de volta,  e retome a sua vida, por favor!


Nós que seguimos o coração, sofremos.

Mas colecionamos lembranças,

que transformamos em versos, 

contos, fotos, pinturas...

Para que haja vida

o corpo precisa de água e comida.

Para que haja verso

a poesia precisa de coração e razão.

O corpo sem comida demora mais a morrer.

Sem água morre rapidamente.

A poesia vive com ou sem razão,

mas nunca haverá sentimento sem coração.

Amigos

“Conte comigo! Sou teu amigo!”.
Quando estive fraca,

fez-me ficar  forte com estas palavras.
Ajudou-me a continuar tentando.

Todas as vezes que o chamei esteve lá:

“Não tenha medo!”.

Foi uma frase que tantas vezes ouvi de seus lábios.
E nas horas de grande desespero você implorou-me:

“Por favor, acredite em mim tudo terminará bem.”.
Posso ver que machucaram você,

posso sentir sua dor.
É difícil ver a luz do sol, quando se sente a chuva.
Sei que às vezes parece que isso nunca irá terminar.
Você passará bem por isso,

basta não desistir, você pode ...
Sei que às vezes parece que estamos em pé sozinhos,
mas nós continuamos,

porque o amor não nos deixará cair.
Há um lugar dentro de todos nós que é feroz,

e que tem a força de um leão.

É só ter fé no amor.
Você deve encontrar esse lugar em você,

as respostas estão aí dentro, 

um dia você me fez enxergar,

encontrei o meu lugar, meu amigo.
Eu sei que a vida pode fazer você se sentir mal,

e não fui justa comigo  e não estás sendo contigo.
parece ser muito mais difícil  do que realmente é, sei bem.
“Mas estou aqui, vamos passar por isso, 

basta não desistir…”.

Foram as suas palavras para mim um dia,

tome-as de volta,  e retome a sua vida, por favor!

Nós que seguimos o coração, sofremos.

Mas colecionamos lembranças,

que transformamos em versos, 

contos, fotos, pinturas...

Para que haja vida

o corpo precisa de água e comida.

Para que haja verso

a poesia precisa de coração e razão.

O corpo sem comida demora mais a morrer.

Sem água morre rapidamente.

A poesia vive com ou sem razão,

mas nunca haverá sentimento sem coração.

Amigos

Nada. É tudo que tenho.

Dividir uma vida é o que quero ao seu lado.

Nunca mudarei as minhas manias por você,

e nem quero que mude as suas,

mas que absorvamos uma do outro.
Veja meu amor, não peço muito,

apenas tudo o que você é e tudo o que você faz.
Realmente não preciso olhar muito longe,
não irei aonde você não me siga.
Contudo, não irei prendê-lo novamente,

perdoe essa paixão interna... Intensa... Doente!     
não posso fugir de mim,

pois não há onde esconder-me...

Saiba que já doeu o bastante,

fui castigada além do que merecia, chega, volte!

Atire-se em meus braços se tiver coragem,

não preocupe-se com o que pensam,

pois o que pensarão

estará abaixo da felicidade que te darei.

Não afaste-se de mim,

não tenho nada, a não ser você.
Você pode se vê através do meu coração,
demoli as paredes da minha insegurança,

porque eu te amo!

Nunca conheci o amor como eu conheci com você...

Mas se não o tiver de volta,

saberei conservar as lembranças,

pelo menos as que conseguir guardar

na gaveta da memória.

Você sobreviverá de qualquer maneira

em minha vida.

Fica! Porque você já está!

Meu bem precioso

Autora : Terezinha Espinheira Lima 

 Escritora da nova geração de jovens talentos literários na Bahia. Vários livros publicados.

Academia de Letras do Brasil

Seccional Bahia

© 2017  Criado por Fenix Solução